Notícias CROSC

Municípios catarinenses ganham destaque no Prêmio Brasil Sorridente

Três municípios catarinenses – Balneário Camboriú, Florianópolis e Porto União – tiveram desempenho de destaque ficando entre os três primeiros colocados em diferentes categorias do Prêmio Brasil Sorridente 2013. A premiação será realizada no dia 24 de abril no Memorial JK, em Brasília, DF. Instituído em 2005 pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), o prêmio é concedido anualmente a municípios brasileiros que se destacaram na implantação de Políticas Públicas de Saúde Bucal. “A iniciativa de premiar os municípios é uma forma de incentivo ao cuidado com a saúde bucal da população. E é uma satisfação ver que cidades catarinenses estão cumprindo com esta tarefa”, diz Élito Araújo, presidente do Conselho Regional de Odontologia de Santa Catarina (CRO-SC).

Este é o segundo ano consecutivo que o município de Porto União ficou em segundo lugar no grupo das cidades até 50 mil habitantes; Balneário Camboriú ficou com o terceiro lugar entre os municípios até 300 mil habitantes e Florianópolis, que no ano passado ficou em quinto lugar, este ano pulou para o segundo em sua categoria (acima de 300 mil moradores). O vencedor em cada uma das categorias recebe um consultório odontológico completo; do segundo ao quinto lugar, uma placa alusiva, e os demais participantes um diploma.

Entre os critérios de avaliação, ao todo 10, estão a relação entre a população, o número de cirurgiões-dentistas da rede pública e a carga horária mensal de trabalho, a cobertura populacional alcançada pelas equipes de saúde bucal e o menor índice de cárie dental em estudantes até 12 anos, segundo normas da Organização Mundial da Saúde (OMS).. A premiação será realizada no dia 24 de abril no Memorial JK, em Brasília, DF. Instituído em 2005 pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO), o prêmio é concedido anualmente a municípios brasileiros que se destacaram na implantação de Políticas Públicas de Saúde Bucal. “A iniciativa de premiar os municípios é uma forma de incentivo ao cuidado com a saúde bucal da população. E é uma satisfação ver que cidades catarinenses estão cumprindo com esta tarefa”, diz Élito Araújo, presidente do Conselho Regional de Odontologia de Santa Catarina (CRO-SC).

Este é o segundo ano consecutivo que o município de Porto União ficou em segundo lugar no grupo das cidades até 50 mil habitantes; Balneário Camboriú ficou com o terceiro lugar entre os municípios até 300 mil habitantes e Florianópolis, que no ano passado ficou em quinto lugar, este ano pulou para o segundo em sua categoria (acima de 300 mil moradores). O vencedor em cada uma das categorias recebe um consultório odontológico completo; do segundo ao quinto lugar, uma placa alusiva, e os demais participantes um diploma.

Entre os critérios de avaliação, ao todo 10, estão a relação entre a população, o número de cirurgiões-dentistas da rede pública e a carga horária mensal de trabalho, a cobertura populacional alcançada pelas equipes de saúde bucal e o menor índice de cárie dental em estudantes até 12 anos, segundo normas da Organização Mundial da Saúde (OMS).124

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com outros Colegas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin