Eleição

Eleições dos mebros efetivos e suplentes do Conselho Regional de Odontologia de Santa Catarina.

Exercício dos mandatos no período entre 01/01/2022 e 31/12/2023

Quem pode votar?

São condições para o exercício do direito ao voto:

Quem NÃO pode votar?

Normatização da eleição:

*Observação:

A Eleição ocorrerá entre 00h00 do dia 1º de outubro de 2021 e 23h59 do dia 02 de outubro de 2021. Art. 2º. O processo terá 48 horas contínuas e ininterruptas. Visando à lisura deste processo democrático, nesta página, você, inscrito, ficará por dentro de todas as novidades referentes à Eleição 2021 do CRO-SC.

Dúvidas Frequentes

0 primeiro turno das Eleições ocorrerá entre 00h00 do dia 1º de outubro de 2021 e 23h59 do dia 02 de outubro de 2021.

O voto é obrigatório, nos termos do art. 22 da Lei nº 4.324/64. O profissional que não votar e não justificar, arcará com uma multa eleitoral correspondente a ⅓ (um terço) do valor da anuidade. Em caso de reincidência, será devida a multa em dobro, de acordo com o Regimento Eleitoral aprovado pela Resolução CFO-80/2007.

Os eleitores deverão receber a senha provisória para acesso ao sistema de votação em até 24 (vinte e quatro) horas antes do início do pleito, por SMS e/ou e-mail, conforme dados cadastrais do sistema CFO/CROs. Mais informações serão divulgadas posteriormente.

Para acessar o sistema para realizar seu voto, o dentista apto a votar precisará estar munido de uma senha única e intransferível. Essa senha será enviada por SMS/e-mail, logo,  é necessário que os dados do e-mail estejam atualizados para que o profissional receba a senha e informações sobre o pleito. Para atualizar seus dados cadastrais, clique aqui.

O cirurgião-dentista deve regularizar sua situação em até 30 (trinta) dias antes da data do pleito para fins de ser incluído na relação de eleitores pelo Conselho Federal de Odontologia, que enviará a listagem de eleitores aptos para a empresa que realizará o processo eleitoral. Regularize sua situação na Tesouraria clicando aqui. 

Enfermidade, ausência do país, impedimento legal ou regulamentar, ou, ainda, de força maior.