Notícias CROSC

CFO e CFM reafirmam parceria de atuação em defesa da saúde pública

cfo3

 

 

 

 

 

 

O presidente do Conselho Federal de Odontologia, Dr. Ailton Morilhas, participou, no dia 20 de junho, da plenária no Conselho Federal de Medicina, em Brasília, a convite do presidente Dr. Roberto D’Ávila. O encontro oportunizou a concretização da parceria entre CFO e CFM, como nova etapa de trabalho, acerca de diversos temas de relevância, entre eles a aprovação do Ato Médico, para estabelecimento de novas metas.

Dr. D’ávila destacou que o momento representa o início de um novo tempo. “Enfrentamos atualmente não uma luta coorporativa e sim uma luta pela melhoria das condições de assistência à saúde, de forma nominalista . O CFO é um parceiro histórico do CFM. Diante da aprovação do Ato Médico, manteremos o respeito às legislações das profissões da área da saúde”, explica. Opinião compartilhada com o Dr. Ailton Morilhas: “Por tanto, fica esclarecido que as competências dos Cirurgiões-Dentistas, conforme a lei vigente serão respeitadas”.

O presidente do Conselho Federal de Odontologia agradeceu o convite e a abertura para diálogo com o plenário do CFM e ressaltou o desejo de estabelecer parceria para, de forma conjunta, enfrentar os desafios políticos, o que inclui os Projetos de Lei em tramitação no Congresso Nacional de interesse dos profissionais da área da saúde e em benefício da saúde pública brasileira.

Os dois Conselhos entendem que não há falta de profissionais no país e sim uma má distribuição que deve ser enfrentada com incentivos significativos para a interiorização do profissional.

O Conselho Federal de Odontologia defende a valorização dos profissionais brasileiros da área da saúde. “A respeito da chegada de profissionais da área da saúde de outros países no Brasil, a preocupação do CFO é que essa integração seja feita com base nas leis vigentes no país”, afirma Morilhas.

Por fim, o Dr. Ailton Morilhas solicitou apoio ao CFM para aprovação do projeto de Lei 2.776/08, que estabelece a obrigatoriedade da presença de profissionais de odontologia nas unidades de terapia intensiva e dá outras providências, que hoje tramita no Senado Federal. O Dr D’Ávila reconheceu a importância da presença dos Cirurgiões-Dentistas e demonstrou parecer favorável à luta do CFO.

Outro ponto abordado em que o CFO tem o posicionamento favorável é a carreira de estado dos profissionais da área da saúde. “O CFO está aberto para aprofundar o debate e trabalhar de forma parceira”, completa Morilhas.

Na ocasião, também estiveram presentes o presidente da Comissão de Comunicação do CFO, Dr. Ermensson Luiz Jorge e o procurador jurídico do CFO, Dr. José Alberto Cabral Botelho.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com outros Colegas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin