Notícias CROSC

Profissionais da saúde são público alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza

Os profissionais da saúde, incluindo cirurgiões dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal, fazem parte do público alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, por isso devem procurar os postos de vacinações para fazer a vacina.

A campanha de vacina em Santa Catarina iniciou na segunda-feira, dia 25 de abril e segue até o dia 20 de maio. A meta da campanha é vacinar 80% das 1.739.814 pessoas dos grupos prioritários, que envolvem idosos (acima de 60 anos), crianças entre 6 meses e 5 anos de idade, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, doentes crônicos, profissionais de saúde, indígenas, trabalhadores e detentos do sistema prisional.

Haverá 1,7 mil unidades de saúde com salas de vacinação aptas para imunizar a população. A campanha envolve 6,6 mil profissionais da área da Saúde no Estado. O medicamento protege contra os vírus influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e B, garantindo a imunização por um ano. A campanha tem o objetivo de reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza na população alvo para a vacinação.

Dia D

O dia “D” de mobilização será realizado no sábado, 30 de abril, em todos os municípios catarinenses. Os postos de vacinação deverão ficar abertos das 8h às 17h.

Contraindicações

A vacina não é recomendada para pessoas com alergia ao ovo, pois é usada na sua fabricação, e que já tiveram reação anafilática ou alérgica à vacina.

Categorias de risco clínico com indicação para vacina contra influenza:

  • Doença respiratória crônica
  • Doença cardíaca crônica
  • Doença renal crônica
  • Doença hepática crônica
  • Doença neurológica crônica
  • Diabetes
  • Pacientes imunodeprimidos
  • Obesos grau III
  • Transplantados
    Portadores de trissomias: Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Wakany, dentre outras.

Como evitar a gripe?

  • Lave e higienize as mãos com frequência, principalmente antes de consumir qualquer alimento
  • Ao tossir ou espirrar, proteja o rosto com um lenço ou o antebraço
  • Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca
  • Higienize as mãos após tossir ou espirrar
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas
  • Mantenha os ambientes bem ventilados
  • Evite contato próximo a pessoas que apresentem sintomas de gripe.

Se você tiver sintomas de gripe, deve:

Procurar imediatamente um serviço de saúde a fim de buscar tratamento adequado
Após o início do tratamento, deve-se evitar sair de casa no período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas)
Evitar aglomerações e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados
Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Onde está sendo realizada a vacinação?

Em 1,7 mil postos de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) espalhados em todo o Estado. Estes postos estão situados em Unidades Básicas de Saúde (UBS). Recomendamos buscar o mais próximo de sua residência.

É obrigatório apresentar a caderneta de vacinação?

Não é obrigatória a apresentação da caderneta de vacinação, mas este documento é necessário para atualização de outras vacinas do calendário de vacinação.

Informações do site da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com outros Colegas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin